Campanha de Clara Averbuck mostra insegurança da mulher em transporte por aplicativo

Por

Atualizado em 29/08/2017

Clara Averbuck

Facebook/Reprodução Clara Averbuck

Leia mais

O estupro sofrido e relatado pela escritora Clara Averbuck por um motorista da Uber no último fim de semana voltou a colocar em discussão a segurança da mulher no transporte por aplicativo.

Clara foi violentada na madrugada de segunda-feira (28) após voltar de um encontro com amigos. O relato, postado originalmente no perfil da escritora, afirma que o motorista havia se aproveitado do estado de embriaguez de Clara para colocar um dedo em sua vagina, à força, sob o pretexto de ajudá-la a sair do carro.

“Eu queria chamar de ‘tentativa de estupro’, mas foi estupro mesmo. Tava bêbada? Tava. Foda-se. Não vou incorrer no mesmo erro de quando eu era adolescente e me culpar”, desabafou ela.

O texto veio juntamente do lançamento da campanha #MeuMotoristaAbusador, que reúne relatos de pessoas que foram alvo de ataques e assédios por parte de homens em carros solicitados por aplicativos de transporte. Em nota, a Uber disse ter descadastrado o motorista e afirmou estar à disposição para colaborar com as investigações.

Veja abaixo alguns depoimentos colhidos pela tag:

10 coisas que você não deve dizer a vítimas de assédio e violência sexual

1 de 10
Compartilhe Twitter Google +

10 coisas que você não deve dizer a vítimas de assédio e violência sexual

Tem certeza que você não flertou ou provocou primeiro?

Créditos: Giphy

10 coisas que você não deve dizer a vítimas de assédio e violência sexual

Você bebeu demais ou usou alguma droga, né?

Créditos: Giphy

10 coisas que você não deve dizer a vítimas de assédio e violência sexual

Por que você estava fora de casa àquela hora?

Créditos: Giphy

10 coisas que você não deve dizer a vítimas de assédio e violência sexual

Você deve ter dito alguma coisa que o irritou.

Créditos: Giphy

10 coisas que você não deve dizer a vítimas de assédio e violência sexual

Você tem certeza que as coisas aconteceram desse jeito, mesmo?

Créditos: Giphy

10 coisas que você não deve dizer a vítimas de assédio e violência sexual

Você deixou claro que não queria nada?

Créditos: Giphy

10 coisas que você não deve dizer a vítimas de assédio e violência sexual

Você não está exagerando um pouco?

Créditos: Giphy

10 coisas que você não deve dizer a vítimas de assédio e violência sexual

Precisava ter saído com essa roupa, também?

Créditos: Giphy

10 coisas que você não deve dizer a vítimas de assédio e violência sexual

Será que vale a pena fazer esse escândalo? Uma conversa não resolve?

Créditos: Giphy

10 coisas que você não deve dizer a vítimas de assédio e violência sexual

Nem foi tão grave assim, né. Que tal deixar para lá e superar?

Créditos: Giphy

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários