Mesmo com credencial, irmão de Emicida foi barrado no desfile da própria marca na SPFW

Por

Atualizado em 31/08/2017

Evandro Fióti

Facebook/Reprodução Evandro Fióti

Leia mais

Na última terça-feira (29), Evandro Fióti, músico, produtor e irmão do rapper Emicida, foi barrado na entrada do desfile da marca LAB_Fantasma, desenvolvida pelos dois, na São Paulo Fashion Week, mesmo com credencial.

O cantor relatou o ocorrido em seu Facebook. “ser preto é ser barrado pelo segurança do evento até mesmo quando é da sua marca e com pulseira”.

Ironicamente, a Laboratório Fantasma busca dar visibilidade justamente para negros, gays e obesos, grupos sociais que tradicionalmente são excluídos pelo mundo da moda. Por conta disso, o desfile da última terça foi um dos mais reverenciados do evento e teve a presença de nomes como a cantora IZA e a MC Carol.

Emicida no Mimo Festival, em Paraty

1 de 18
Compartilhe Twitter Google +

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

Mimo Festival 2016, em Paraty

O rapper Emicida cantou por quase duas horas no primeiro dia do Mimo Festival. Além dos seus sucessos, puxou sambas ao lado do ídolo Wilson das Neves, de 80 anos.

Créditos: Aline Lacerda / Virgula

 

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários