Simone e Simaria choram ao lembrar de pai garimpeiro enterrado como indigente

Por

Atualizado em 14/07/2017

Simone e Simaria choram ao lembrar de pai

Reprodução/Gshow Simone e Simaria choram ao lembrar de pai

Simone e Simaria foram às lágrimas durante o programa Conversa com Bial na noite desta quinta(13). O momento carregado de emoção ocorreu quando Simaria lembrou da morte do pai garimpeiro, enterrado como indigente.

“Meu pai faleceu há 22 anos, de repente. A gente não esperava. Meu pai era incrível. Éramos apaixonadas por ele. Vivemos com ele num garimpo, num lugar perigoso. Tinha uma disputa por diamante. A gente via essas coisas ruins. Meu pai estava ali sofrendo, tentando uma pedra preciosa para dar uma vida melhor”, afirmou Simaria.

A popstar sertaneja contou ter feito uma promessa para o pai quando ele morreu. “Ele foi enterrado como indigente e lá choveu muito e está complicado de encontrar o corpo. A enxurrada levou todas as covas. Tem que exumar todos os corpos. É todo um processo. Quando ele morreu, eu ia fazer 11 anos e eu era louca por ele. Aí quando ele faleceu, eu fui dormir e via ele deitado do meu lado como se ele estivesse me olhando. E eu disse: ‘no dia que eu fizer sucesso, pode custar o dinheiro que for, eu venho te tirar desse lugar'”, completou.

Ela também detalhou algumas dificuldades da infância foi difícil “Minha mãe lavava a roupa no rio para colocar comida em casa. A gente tem tanta história que precisaria de milhões de programas para contar. E de certa forma, encoraja as pessoas que têm medo de partir para a luta, de buscar o novo”, reforçou.

Na conversa, Bial não deixou de mencionar a pergunta feita por Simone no programa Altas Horas, de Serginho Groisman. Na época, ela perguntou à Laura Muller, sexóloga, se “tem alguma forma que facilite a gente a dar a roda”.

Simone disse que o assunto até hoje mobiliza interesse. “Isso repercutiu muito. Tem gente que chega no camarim e pergunta como faz”, disse a cantora durante a entrevista a Bial. A popstar sertaneja ainda rebateu: “Adorei! Fiz certinho”.

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários