Gabrielly Oliveira, Igor Nogueira, Luíze Tavares e Andreza Delgado idealizadores da PerifaCon

Conhecida como a “ComicCon das favelas”, a PrerifaCon lança o festival “Brotando nas Redes” que acontece nos dias 26, 27 e 28 com diversos assuntos sobre o universo geek e pop. A programação é inteiramente online e gratuita.

A PerifaCon surgiu com objetivo de democratizar o acesso à cultura e promover as produções culturais periféricas. A primeira edição feita em 2019 na Fábrica de Cultura do Capão Redondo, em São Paulo, reuniu cerca de 7 mil pessoas. Com a edição de 2020 adiada, a PerifaCon, através da Lei Aldir Blanc, lança o festival “Brotando nas Redes” para continuar incentivando a cultura.

O festival conta com debates, oficinas de quadrinhos, ilustrações e concurso de cosplay. Neste ano, o concurso é dedicado à comunidade negra, a votação ficará aberta para o público durante os três dias de festival, o vencedor ganhará 1 mil reais. A programação completa pode ser conferida no site da PerifaCon, Brotando nas Redes.

Sem mais artigos