Do Brasil, Macunaíma ganha exposição em biblioteca icônica da Alemanha

Quem visitar a biblioteca do Instituto Ibero-americano em Berlim, um espaço icônico e ponto turístico obrigatório da capita alemã, a partir do dia 10 de maio, vai poder conhecer a mostra “As edições de Macunaíma”, uma homenagem ao clássico de Mário de Andrade. Um dos destaques da exposição é a edição lançada pela FTD Educação em 2016 com ilustrações de Mariana Zanetti, que também serão apresentadas ao público.

Os desenhos expostos na vitrine da sede da entidade, ao lado de diferentes edições da obra em português, alemão e espanhol, foram selecionados pelo estilo e identidade com a cultura popular e indígena.

“Escolhi as ilustrações da Mariana pela captação de um desenvolvimento do desenho popular, pela matriz da xilogravura, que combina com a matriz indígena dos Ticunas. As ilustrações trazem curiosidade para o texto, sobretudo para os jovens, e incentivam a leitura desse clássico da literatura brasileira que tem tantas facetas”, explica a brasilianista e curadora da exposição Dra. Ute Hermanns.

A exposição faz parte de uma série de eventos que comemoram o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, com debates, apresentações de filmes, leituras de peças de teatro, concerto e textos, como a tradução para o alemão de uma crônica do escritor Ignácio de Loyola Brandão sobre a atualidade e a importância do livro Macunaíma, o herói sem nenhum caráter, obra-prima de Mário de Andrade, lançada originalmente em 1928, e símbolo do Modernismo Brasileiro.

“Esta exposição representa uma confirmação do meu esforço ao ilustrar Macunaíma, de que as ilustrações transmitissem alguma verdade sobre o livro, seja através das cores, gestos, composição, mas também na tentativa de me pôr a serviço de um texto que amo, de um autor que admiro tanto”, destaca Mariana Zanetti.

A ilustradora viveu 7 anos em Berlim e conhece bem a biblioteca. “Ela tem um ar mais imponente, era como visitar um templo. Fora que a primeira vez que a vi foi no filme do Win Wenders, Asas do Desejo. Isso faz desse lugar um espaço meio mítico no meu imaginário”, complementa.

Além do Instituto Ibero-americano, o evento de homenagem “100 Anos da Semana de Arte Moderna – A entrada do Brasil na Modernidade” conta com a cooperação do Instituto de Estudos Latino-Americanos da Freie Universität Berlim, a Hochschule für Musik Franz Liszt Weimar, e da Embaixada do Brasil na Alemanha. As atividades seguem até o dia 05 de julho.

Mais destalhes no site do Instituto Ibero-americano:https://www.iai.spk-berlin.de/

Sobre a FTD Educação 

www.ftd.com.br

Há 120 anos, a FTD Educação tem como missão transformar o futuro por meio da Educação, pensando além e inspirando a descoberta, a escolha, a liberdade e a cidadania. Reconhecida como uma empresa inovadora, parceira, flexível e humana, é movida pelo slogan “Conectamos Histórias. Construímos Futuros”.

Sua proposta é integrada para escolas, alunos, professores e sociedade e conta com: materiais didáticos e de literatura; soluções educacionais (com suporte para escolas, consultoria educacional, formação de professores, entre outros); novas tecnologias (ferramentas que ampliam possibilidades de ensino dentro e fora da sala de aula); obras e serviços que envolvem a família na busca por uma educação completa.

Do Brasil, Macunaíma ganha exposição em biblioteca icônica da Alemanha

Sem mais artigos
Sair da versão mobile