Exposição conta com entrada gratuita às terças-feiras

“Diálogo do Escuro”, projeto criado pela Dialogue Social EnterpriseTM, da Alemanha, que já passou por mais de 40 países, entre eles o Brasil, está de volta para uma temporada na capital paulista. Além do mote cultural, a instalação é também uma experiência que promove conexão e integração.

> Siga o novo Instagram do Virgula! Clique e fique por dentro do melhor do Entretê!

Durante a temporada, a partir de 4 de agosto, o público terá oportunidade de vivenciar o IN-visível. Conduzidos por guias com deficiência visual, em uma inversão de papeis, os grupos irão caminhar por salas escuras e estruturadas para que tenham as sensações de cheiro, temperatura, som e textura como se estivessem passando por parques, ruas, bares, entre outros ambientes do cotidiano.

Durante o trajeto, os participantes poderão interagir com os guias para tirar dúvidas ou saber mais sobre a rotina de um deficiente visual nos grandes centros e desta forma quebrar barreiras e preconceitos.

“Diálogo no Escuro” é uma realização da Calina Projetos e Unibes Cultural, que também foram responsáveis pela montagem da exposição no Brasil, entre os anos 2015 e 2016, em São Paulo e Rio de Janeiro, com o registro de 75.000 visitantes. Para esta edição, a exposição conta com o patrocínio de GetNet, Eurofarma, Drogasil e IHS.

 

Serviço

Diálogos no Escuro – Exposição e workshops

Quando: A partir de 4 de agosto

Onde: Unibes Cultural, Rua Oscar Freire, 2.500 – Sumaré (ao lado do metrô Sumaré)

Dias e Horários: Quinta a domingo, das 12h às 19h (sessões com 45 minutos de duração e grupos com até 8 pessoas)

Ingressos: R$30 | R$15 (meia entrada) 

Crianças a partir dos oito anos e, até os 12, acompanhadas dos pais.

Quinta Gratuito – com agendamento também via Sympla.

Exposição "Diálogo no Escuro" volta ao Brasil com apresentações e workshops

Sem mais artigos