Confira a programação completa do museu

Na segunda quinzena de junho, a Japan House São Paulo oferece uma programação gratuita, tanto no ambiente virtual como presencialmente em sua sede, na Avenida Paulista. Além da exposição Kumihimo – a arte do trançado japonês com seda, por Domyo, em cartaz até 28 de agosto, a instituição ainda promove visitas mediadas à mostra e o encontro mensal do Clube de Leitura sobre o livro O marinheiro que perdeu as graças do mar, de Yukio Mishima.

> Siga o novo Instagram do Virgula! Clique e fique por dentro do melhor do Entretê!

Inédita no Brasil, Kumihimo é apresentada pela empresa familiar tradicional sediada em Tóquio, Domyo, que há mais de dez gerações produz artesanalmente cordões de seda, feitos por artesãos que trabalham exclusivamente para a companhia. No segundo andar da JHSP, o visitante poderá conhecer a evolução histórica do kumihimo no Japão, entender sobre a construção dos trançados e seus usos, além de explorar possibilidades futuras para sua utilização, tudo isso a partir de três grandes instalações, mais de 30 reproduções de peças de kumihimo históricos, ferramentas utilizadas pelos artesãos e vídeos que contam com recursos de acessibilidade.

Para intensificar a experiência na exposição, o público ainda pode participar das visitas mediadas, livres e gratuitas, nos dias 24 e 29 de junho, às 11h30 e às 15h. Durante os eventos, a equipe do educativo da JHSP promove diálogos e trocas de experiências entre os participantes e a cultura japonesa.

Encerrando o mês, o Clube de Leitura da Japan House São Paulo, em parceria com a revista Quatro Cinco Um, discute sobre a obra O marinheiro que perdeu as graças do mar, do autor japonês Yukio Mishima, uma das personalidades japonesas mais importantes do cenário literário do século XX. A atividade acontece no dia 30 de junho, às 19h, na plataforma ZOOM.

A obra explora temas sensíveis como partidas, perdas, individualidade, violência e amor, acompanhando o marinheiro Ryuji Tsukazaki a bordo do navio cargueiro Rakuyo em sua jornada do Japão até o Porto de Santos. O encontro será mediado pela diretora cultural da JHSP, Natasha Barzaghi Geenen, e pelo editor da revista Quatro Cinco Um, Paulo Werneck. Para participar, é preciso fazer inscrição prévia pelo site da Japan House São Paulo e aguardar as instruções por e-mail.

 

Japan House tem Clube de Leitura e atividades na exposição Kumihimo

Sem mais artigos