Museu lança programação especial

O Museu da Energia de São Paulo completa 17 anos em junho com uma programação recheada de atrações gratuitas. A comemoração, a partir do dia 7 de junho, inclui contação de histórias, atividade de Experimentoteca, oficina A Energia dos Foguetes! e a visita temática Dia do Imigrante.

“São 17 anos de uma linda história sobre São Paulo, apresentando um rico acervo de interesse público que mostra a evolução dos sistemas de energia há um século e meio. É uma evolução que está diretamente relacionada às mudanças econômicas e sociais da população. Um passeio imperdível pelos caminhos do nosso desenvolvimento”, afirmou a diretora executiva da Fundação Energia e Saneamento, Rita Martins.

O MESP foi inaugurado em 11 de junho de 2005, aberto à comunidade. O edifício-sede já é atração, construído entre 1890 e 1894 no então mais sofisticado bairro da cidade, para servir de moradia a Henrique Santos Dumont, irmão do aviador Alberto Santos Dumont e um dos homens mais ricos do Brasil na época.

O evento de Contação de História com a Palhaça Olga acontece no dia 7, às 10h30. A proposta é despertar nas crianças e participantes, de maneira lúdica, o interesse e o prazer pela literatura, através de uma encenação interativa, divertida, que provoca reflexões, aponta desdobramentos dos temas abordados em cada livro e propõe atividades a partir de cada história. A apresentação vai acontecer na área externa do museu. Confira as atividades especiais em comemoração.

O evento de Contação de História com a Palhaça Olga acontece no dia 7, às 10h30. A proposta é despertar nas crianças e participantes, de maneira lúdica, o interesse e o prazer pela literatura, através de uma encenação interativa, divertida, que provoca reflexões, aponta desdobramentos dos temas abordados em cada livro e propõe atividades a partir de cada história. A apresentação vai acontecer na área externa do museu .

A atividade busca favorecer os vínculos afetivos entre as crianças e a literatura, criando um momento de interação, expressividade, acolhimento e afetividade. Também pretende promover o contato com as histórias pela encenação, escuta, manipulação dos livros, diálogo e reflexões, com palhaçada, poesia e música. “Vamos fazer com que a literatura dialogue com as crianças, seus conhecimentos e imaginação, deixando que elas se apropriem do universo de cada história”, afirmou Rita Martins.

Experimentoteca: a atividade, no dia 11, às 10h30, instiga a curiosidade das crianças sobre a importância da pluralidade na ciência através de experimentos. Serão realizadas oficina de experimentos de física, experimentos com materiais simples, bússola caseira, pilha com batatas, lançamento de foguetes, entre outras atividades, todas acompanhadas por educadores e estagiários.

Os experimentos promovem atividades lúdicas e práticas, ensinando diversos conteúdos relacionados às temáticas abordadas pelo museu.

A Energia dos Foguetes: os participantes vão aprender a construir e lançar foguetes na área externa do museu, no dia 18, às 10h30, usando materiais como cartolina e garrafas pet. A atividade apresenta na prática conceitos científicos como pressão, Leis de Newton e energia.

A oficina vai acontecer em duas etapas. Na primeira, os participantes vão construir foguetes usando materiais conforme a idade. Depois disso, os foguetes serão lançados utilizando o ar como propulsor. A atividade trabalha de forma lúdica conceitos de física.

Dia do Imigrante: a visita temática, no dia 25, às 10h30, convida a conhecer a imigração no Brasil, que acontece até os dias atuais. Os participantes vão passear por diferentes espaços do museu entre fotos e marcos históricos da imigração. Poderão conferir os processos e como eles estão relacionados com o crescimento e urbanização da cidade de São Paulo e do Brasil. Além de celebrar o mês de aniversário do MESP, a atividade comemora o Dia do Imigrante, em 26 de junho.

Museu da Energia de São Paulo comemora 17 anos com programação gratuita

Sem mais artigos