Espetáculo é gratuito

O Museu da Língua Portuguesa, instituição do Governo do Estado de São Paulo, ocupa o Saguão Central da CPTM nesta semana com duas apresentações repletas de música, rimas e poesia. E o melhor: ambas são gratuitas. Para prestigiar, basta chegar e conferir as performances.

> Siga o novo Instagram do Virgula! Clique e fique por dentro do melhor do Entretê!

No dia 18 (quarta-feira), o grupo feminino de fanfarra Obscênicas toca das 14h às 15h. Inspiradas no livro “Obscénica: Textos Eróticos & Grotescos”, de Hilda Hilst, as integrantes da banda prometem uma apresentação debochada, feminina e feminista por meio de instrumentos de sopro e percussão, misturando ritmos como jazz, samba, funk e groove. No repertório, sucessos nas vozes de artistas como Chiquinha Gonzaga (“Ô Abre Alas!”), Gretchen (“Conga, Conga, Conga”), Duda Beat (“Meu Jeito de Amar”), Britney Spears (“Toxic”) e Madonna (“Like a Virgin”), entre outras.

O grupo Obscênicas é o primeiro a se apresentar dentro do Plataforma Conexões, que selecionou oito projetos, com o tema Travessias pela Cidade, de artistas iniciantes (artista solo, grupos ou cooperados) para fazer parte da programação cultural do Museu da Língua Portuguesa de maio a dezembro de 2022.

E no dia 21 (sábado), o já tradicional Sarau Língua Afiada volta a ser realizado com o anfitrião Sérgio Vaz, uma das mais importantes vozes do ativismo cultural da cidade de São Paulo. Na terceira edição do evento, os convidados serão o Sarau Elo da Corrente e o DJ Zeca. O evento terá início às 12h, e quem passar pela atividade terá a oportunidade de participar e falar a sua poesia, pois, como de costume, o microfone estará aberto.

 

Museu da Língua Portuguesa ocupa o Saguão Central da CPTM com fanfarra, rimas e poesia

Sem mais artigos
Sair da versão mobile