Foto por Kyle Head / Unsplash

Seguindo com a comemoração de seus 10 anos, a Cia Alvo está com um novo projeto que tem o teatro como protagonista, mas dessa vez o foco é criar dramaturgos.

> Siga o novo Instagram do Virgula! Clique e fique por dentro do melhor do Entretê!

Para isso, foram selecionados 10 jovens, entre 14 a 18 anos, de escolas públicas e instituições sociais das zonas norte e noroeste de São Paulo, interessados em aprender a conceber um novo universo. Os alunos foram divididos em três grupos e cada um elegeu um tema sobre o qual queriam escrever.

São dois meses com aulas presenciais sobre escrita, argumentação, pesquisa e debates para aprofundamento dos temas para que as micropeças sejam desenvolvidas. No terceiro mês, os alunos passam a aprender e confeccionar figurinos e cenários para que as peças sejam encenadas pelos atores da companhia e gravados.

O resultado será divulgado em formato de esquetes nas redes sociais da companhia, com o objetivo de aproximar os jovens – já tão acostumados com conteúdos rápidos oferecidos em aplicativos de vídeos – da linguagem teatral, tanto como espectador, quanto como criador:

“Há algum tempo o mercado cultural identifica a ausência de jovens nas plateias de teatro e o isolamento social fez com que eles passassem a consumir ainda mais conteúdos virtuais, se afastando das experiências imersivas apresentadas nos palcos. Por isso temos que nos atentar quanto a importância de fomentar a formação de público e, principalmente, a formação de novos artistas criadores”, aponta Fabiano Moreira, diretor da Cia Alvo.

O projeto, subsidiado pela Prefeitura (zona norte e oeste), ainda prevê apresentações presenciais das peças teatrais, nos CEU’s Paz, Perus e Jaçanã.

Projeto Dramers oferece aulas de texto para teatro a jovens de 14 a 18 anos

Sem mais artigos