O piso da categoria está em 1.385 reais. Mas o salário pode variar de acordo com o local de trabalho e o currículo do profissional. “Quem faz só a graduação está por fora. É preciso ter algum diferencial, um algo a mais”, aponta Célia.

O mercado de trabalho é bem amplo. Isso porque a fisioterapia engloba grande parte de todas as áreas de saúde. Basta haver uma equipe multidisciplinar para que o fisioterapeuta esteja empregado.

Curtiu? Então se liga que ainda dá tempo de mudar a opção na ficha de inscrição do vestibular.

Fuja do stress na hora de estudar

Sem mais artigos