Uber Eats anuncia fim de delivery de restaurantes e foco em mercados

O Uber Eats anunciou na última semana que irá reformar o seu modelo de negócios. A partir de março deste ano, o aplicativo deixará de atender restaurantes e passará a focar na entrega de pedidos de supermercado.

A notícia, divulgada pouco após a sanção de uma lei que obriga os aplicativos de delivery a pagar auxílio aos entregadores em casos de acidentes durante o período da pandemia, foi considerada polêmica pelo público.

Em nota, entretanto, a empresa comunicou que a decisão foi feita levando em consideração os hábitos dos consumidores brasileiros. De acordo com uma pesquisa feita pela Hibou, mais de 50% deles fizeram compras em mercado durante a pandemia.

Para que isso seja possível, o Uber comprou a porcentagem restante da startup Corneshop – da qual já era dona de 53%. O Uber Eats deve deixar de fazer entregas de refeições a partir do dia 8 de março.

Sem mais artigos