5439276504_24fb3e569a_z

Parece que é o momento de dar os primeiros passos em direção à vida adulta. Desespero, ansiedade, medo, frustração… Esses são alguns dos sentimentos mais comuns na vida de uma pessoa que está na casa dos 20 e poucos anos, quando os dramas de “gente grande” ganham uma proporção exagerada. Em outras palavras: calma, molecada!

Encarar essa fase da vida com mais serenidade e sabedoria torna a jornada mais simples e menos estressante, pode acreditar. Nem tudo é 100% compreensível nessa idade, mas basta se agarrar à crença de que, um dia, as coisas farão sentido. A regra, de uma maneira geral, é amar muito, fugir de pessoas cretinas que tentam nos diminuir, ligar para os pais de vez em quando e, por fim, confiar no caminho que está se abrindo logo em frente, ainda que pareça assustador de vez em quando.

Qual caminho seguir? Faça um teste vocacional

O site ThoughtCatalog separou as coisas que todo jovem de 20 e poucos anos precisariam ouvir, mas que ninguém fala. Vem com a gente!

 

Sem mais artigos