4 passos para vencer as barreiras que impedem de ganhar mais dinheiro

Reprodução
4 passos para vencer as barreiras que impedem de ganhar mais dinheiro

Não importa qual seja a renda, quase todas as pessoas gostariam de ganhar mais dinheiro, não é mesmo? Especialistas dizem que existe uma maneira de fazer com que isso aconteça. A coach de alta performance, Paula Abreu, por exemplo, que criou o treinamento online e presencial Detox de Dinheiro, ensina a dominar o processo de manifestação para uma vida mais próspera e alinhada com a energia da abundância.

Ela destaca que é preciso mudar a forma como pensamos no dinheiro e nossa relação com ele. A especialista aposta em exercícios práticos para facilitar a reflexão e trazer mudanças. “A primeira pergunta que faço é: quanto você ganha hoje e quanto você gostaria de ganhar nos próximos 12 meses?”, conta a coach. Segundo Paula, é preciso seguir, pelo menos, quatro passos que levarão a uma renda maior.

Estes importantes passos e outras ferramentas para trabalhar a prosperidade foram apresentadas para mais de 250 pessoas neste fim de semana, entre os dias 4 e 5 de junho, no evento ao vivo do Detox de Dinheiro, que aconteceu no hotel JW Marriott, em Copacabana, no Rio de Janeiro. Com lágrimas nos olhos, sinônimo de felicidade e libertação, muitos participantes revelaram suas emoções e crenças limitantes relacionadas ao dinheiro já no início do evento, e participaram de dinâmicas para realizar um verdadeiro “destralhe” físico e emocional, em sua relação com a prosperidade.

“O destralhe, tanto físico quanto emocional, é um dos mais importantes atos para se reconectar com a abundância. Muitos de nossos problemas relacionados ao dinheiro estão diretamente ligados ao que aprendemos sobre ele logo na infância”, pontua. “Ao se libertar de objetos sem utilidade ou de emoções negativas vivenciadas no passado, você abre espaço para que o novo entre”, acrescenta ela.

Além do ato de destralhar, a coach apresentou uma ferramenta que tem por objetivo fazer um verdadeiro processo investigativo das emoções e pensamentos que causam sofrimento. “Se analisarmos com clareza, a maioria dos nossos ‘problemas’ não estão relacionados a nós, mas sim ao que o outro pensa e acredita. Precisamos sempre identificar isso para viver uma vida mais plena e ter claro o que é ser próspero para você e não para o outro”.
Entre os principais temas abordados, Paula lista em quatro passos como entender em o seu nível energético de receita e aumentar a renda nos próximos meses:

1-Compare as rendas
Paula indica que deve-se fazer a comparação entre a renda dos últimos anos e a que é esperada para os próximos. “Coloque em um gráfico a renda anual deste ano e dos dois anos anteriores, e depois acrescente a renda que você gostaria de ter nos próximos três anos”, ensina Paula, que destaca que quase sempre a renda esperada para o futuro mostra um salto muito grande na renda, se comparado aos aumentos reais nos anos anteriores. “Mas é preciso ser sincero quanto à renda que você deseja ter”, destaca.

2-Identifique sua barreira energética
Segundo a coach, o valor que uma pessoa ganha determina o atual nível energético de receita. “Se você não consegue ultrapassar a renda atual, é porque você tem uma barreira energética que o impede”, destaca. Paula explica que as pessoas criam sabotagens, mesmo sem perceber, para não ganhar mais dinheiro. “Muitos acreditam inconscientemente que não merecem mais dinheiro e, ao ganhar um pouco mais, gastam ou perdem em artigos caros e supérfluos, multas de trânsito, ou até mesmo criando impedimentos no trabalho para não serem promovidos”, exemplifica.

3-Defina quais são as auto-sabotagens
Quando tudo vai “bem demais”, muitas pessoas já esperam que algo ruim está à espreita para acontecer. Este é um dos principais exemplos de pensamento sabotador que impede as pessoas de ultrapassarem seus limites. “Todos nós temos o nosso próprio comportamento destrutivo quando as coisas começam a melhorar”, destaca a coach, que lista alguns dos comportamentos mais comuns: gastar todo o dinheiro extra; bater o carro, manifestar contas inesperadas, como multas de trânsito; brigar com o parceiro ou cônjuge; sentir-se não merecedor de mais dinheiro ou prosperidade; comprar coisas caras e não utilizar; sempre pagar as contas dos amigos em restaurantes.

4-Destralhe e perdoe
Por fim, Paula Abreu ensina que só é possível dar um salto na renda após passar pelo processo de destralhe. “Além de ser importante se livrar de objetos velhos, roupas que não são mais usadas e outras velharias, que vão enviar uma mensagem ao Universo para a chegada do novo, é necessário se destralhar das memórias que temos sobre o dinheiro”, explica. A coach sugere listar todas as memórias que tenham relação com o dinheiro, para que depois elas possam ser perdoadas. “É preciso perdoar a si mesmo por ter pensado desta forma, para que então você possa se desprender destas memórias”.

Paula exemplifica: há casos de pessoas que só compram produtos de pouca qualidade, ou têm medo de gastar com coisas que deem prazer, assim como existem aqueles que nunca aceitam pequenos presentes, como o amigo pagar o cafezinho.

A coach conclui que é necessário dar estes passos para estar preparado para a chegada de novas oportunidades, seja uma nova forma de ganhar dinheiro ou uma promoção. “Para ganhar mais ou fazer seu salário crescer, você precisa mudar sua relação com o dinheiro”.

 

 

Sem mais artigos