Pense em todas as possibilidades que o termo “provocante” sugere. Uma blusa que deixa pouco dos ombros à mostra certamente não entra na classificação, não é mesmo? Não para um colégio na Carolina do Norte, que suspendeu e baniu uma aluna da formatura por conta de sua roupa “provocante demais”.

Tudo começou quando Summer, a aluna em questão, teve um leve desentendimento com o diretor da Hickory Ridge High School. Ele a abordou durante o intervalo para avisar que a aluna tinha violado o código de vestimenta do colégio e que precisaria trocar de roupa no mesmo instante.

Essa era a blusa que Summer vestia no dia da discussão com o diretor do colégio

Summer retrucou, afirmando que não via problema algum na blusa que vestia. Ela ainda colocou um casaco de uma amiga para tentar amenizar a discussão, mas não foi suficiente. O diretor, acompanhando do segurança da instituição, reiterou que ela deveria trocar de blusa ou seria presa.

Mais absurdo impossível, não é? A direção do colégio, então, suspendeu a garota e a baniu da formatura por “insubordinação”. Na internet, amigos e conhecidos de Summer manifestaram apoio e indignação com a decisão autoritária da escola.

“Essa garota não poderá se formar porque deixou os ombros à mostra. Os malditos ombros à mostra”

“E alguém pode me dizer o que é que os professores vestem nessa escola?”

“Isso já é demais. Ombros? Eles feriram alguém? As notas dela deveriam ser mais importantes. Esse diretor deve ter algum problema com mulheres”

 

Aluna de colégio nos EUA é suspensa e banida de formatura por usar blusa 'provocante'

Sem mais artigos