A candidata governista e primeira-dama da Argentina foi eleita em 1987
deputada pela província de Santa Cruz, enquanto seu marido assumia a prefeitura de Rio Gallegos, a capital da província, 2.640 quilômetros ao sul de Buenos Aires. Essa foi sua primeira escala na carreira política que o levou em maio de 2003 à presidência argentina.

Cristina Kirchner já então mãe de Máximo e Florência, foi reeleita em 1993 como deputada provincial construindo também um casamento "político" com Nestor Kirchner, na época governador de Santa Cruz desde 1991. A mulher seguiu na política do país e foi eleita senadora e deputada nacional nos anos seguintes.

Cristina nasceu em 19 de fevereiro de 1953 na cidade de La Plata, 60 quilômetros ao sul de Buenos Aires, onde estudou Direito a partir de 1974 e onde conheceu Nestor Kirchner, com quem se casou em 1975.

Continua:
Líderes dizem que Cristina é pouco influenciada pelo marido

Sem mais artigos