O livro Assassinato de Reputações, de Romeu Tuma Jr, já vendeu mais de 50 mil exemplares com menos de dois meses de lançamento. No livro, Tuma Jr. acusa o ex-presidente Lula de ter sido informante do Dops e o Partido dos Trabalhadores de possuir, dentro da máquina do governo, uma suposta “indústria de dossiês”.

Ex-Secretário Nacional de Justiça, ele deixou o governo em 2010, ao ser ligado à máfia chinesa. A obra foi publicada pela editora carioca Topbooks.

 

Sem mais artigos