Boate em Portland usa strippers como entregadoras na quarentena

O coronavírus tem feito vários empresários pelo mundo quebrarem a cabeça sobre como manter funcionando o seu estabelecimento. De portas fechadas, alguns já decretaram falência e outros estão à beira do caos, quase fechando as portas. Mas por outro lado, têm aqueles que são criativos mesmo sem poder funcionar por completo.

Este é o caso de uma casa noturna em Portland, nos Estados Unidos. Obrigado a manter o local fechado por conta da disseminação do novo coronavírus, o dono Shon Boulden teve uma ideia para tentar salvar a sua empresa. Ele resolveu usar as strippers da casa, que estavam paradas, para virarem entregadoras.

Shon resolveu manter o serviço de comida da boate e agora usa o delivery no horário do almoço e do jantar. Quem deseja ter o pedido entregue por uma stripper chega a pagar até R$ 150, caso o local seja distante do restaurante.

Para não correr riscos desnecessários, toda stripper é acompanhada na entrega por um segurança. Os clientes são impedidos de tocarem nas meninas, mas se dizem muito satisfeitos com a forma diferente de receber a comida em casa.

Shon só exige uma coisa das suas funcionárias, que elas usem uma roupa bem sexy para deixar a marca do novo serviço de entrega. Não há uniforme, mas quanto mais sensual a roupa, melhor. Os outros funcionários da casa, como seguranças e barmen, estão ajudando nos pedidos por telefone e nas redes sociais.

Sem mais artigos