Na madrugada desta sexta-feira, 8, uma bomba explodiu na porta do Tribunal de Justiça da região basca de Bergara, em Guipúzcoa, Espanha.

Segundo fontes oficiais, a explosão, que ocorreu por volta das 0h20, não deixou vítimas. No entanto, vários pontos comerciais e veículos foram danificados.

O acidente aconteceu no dia em que representantes do Partido Comunista das Terras Bascas e da Ação Nacionalista Basca, supostamente ligados à Batasuna – o braço político da ETA -, foram convocados à Suprema Corte.

Para evitar que a ETA esteja presente nas eleições gerais de março, a Promotoria e os serviços jurídicos do Estado exigem que dois grupos sejam considerados ilegais.

Sem mais artigos