(Da redação) – A notícia saiu da revista colombiana Cambio e ganhou o noticiário do país: segundo a publicação, representantes das Farc mantiveram contato com autoridades do governo e da Justiça brasileiros e alguns deputados do PT.

O assessor especial da presidência, Marco Aurélio Garcia – aquele flagrado fazendo o gesto do "top-top" pelo Jornal Nacional, na época do acidente com o aribus da TAM, em São Paulo – garantiu que a notícia não procede.

Marco é citado na reportagem, bem como o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, o chefe de gabinete da presidência, Gilberto Carvalho e o chanceler Celso Amorim, entre outros.

Mesmo a publicação diz que os emails a que teve acesso são indícios de que membros da Farc e do governo brasileiro mantinham contato.

Agora, o chanceler colombiano Jaime Bermudez disse nesta quinta-feira que "cabe agora a Brasília determinar as eventuais providências a serem tomadas".

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!

Sem mais artigos