(Da redação) – Humberto Braz, suposto braço direito do banqueiro Daniel Dantas (foto), foragido desde o início da Operação Satiagraha, se entregou à polícia neste domingo, 13.

Braz é acusado de subornar policiais para tirar o nome de Dantas do foco das investigações da Polícia Federal.

Na tarde desta segunda, Braz foi transferido para o CPD (Centro de Detenção Provisória) de Guarulhos, informou seu advogado, Renato de Morais, segundo matéria da Folha de S. Paulo.

Daniel Dantas, do Opportunity, vai prestar novo depoimento nesta quarta-feira, 16. Ele é acusado de tentativa de suborno e prática de crimes financeiros.

Na semana passada, Dantas foi preso duas vezes, porém foi solto por decisão do ministro Gilmar Mendes, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal).

Segundo a PF, as investigações envolvendo o nome de Dantas começaram há quatro anos, quando foi deflagrado o esquema de corrupção conhecido como "Mensalão".

Na época, as investigações da PF apontaram que o esquema comandado pelo empresário Marcos Valério, para desviar verbas públicas, tinha ligação com uma organização criminosa comandada por Daniel Dantas.

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!

Sem mais artigos