(Da redação) – Depois da ovelha Dolly é a vez dos cães. Cinco clones de um cachorro, que serão usados para fins comerciais, foram apresentados em Seul, pela companhia de biotecnologia RNL Bio, que realizou o trabalho a pedido da norte-americana Bernann McKinney.

Para a clonagem, a cliente desenbolsou 50 mil euros, ou R$ 152 mil, tudo para reproduzir cinco cópias idênticas de seu falecido cão, Booger, da raça pit bull terrier.

Os cientistas retiraram células da orelha de Booger para fecundar os óvulos inseridos em barrigas de aluguel de duas cadelas. O processo durou três meses e é o primeiro caso de clonagem comercial – alguns filhotes serão vendidos – a ter sucesso na Coréia.

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!

Sem mais artigos