A eleição de Joe Biden como o novo presidente dos Estados Unidos é marcada por primeiras vezes históricas. Esta é a primeira vez que uma mulher negra é eleita vice-presidente do país. É também a primeira vez que uma doutora ocupa a posição de primeira-dama e que manterá seu emprego comum como educadora.

Os marcos não param por aí. Após quatro anos sem cães habitando a Casa Branca, Biden retomará a tradição ao levar seus pets Major e Champ. Com isso, será a primeira vez que a morada presidencial hospedará um cachorro resgatado.

Em Novembro de 2018, Major foi oficialmente adotado pela família Biden após morar temporariamente com eles. O cão foi resgatado pela Delaware Humane Association, organização localizada na cidade de Wilmington.

Já Champ, o irmão mais velho de Major, foi pego 10 anos antes e chegou a morar na residência oficial do vice-presidente durante a era Obama, como informa a revista People.

A duplinha ganhou até página no Instagram. Criada no último domingo (8), já possui mais de 40 mil seguidores!

“Estamos tão orgulhosos do nosso pai, Joe Biden, o primeiro candidato à presidência a receber 75 milhões de votos. Mas o Major estabelecerá um recorde próprio ao se tornar o primeiro cão resgatado a viver na Casa Branca. Vamos brincar o dia inteiro e receber inúmeros biscoitinhos”, publicaram na rede social.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Champ & Major Biden 🇺🇸 (@first_dogs_usa) em

Sem mais artigos