(Da redação) – Um estudo encomendado pela Câmara de Comércio dos Estados Unidos e pelo Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos ao Ibope revelou os números do consumo de mercadorias piratas no Brasil.

Em todo o país houve redução de 38% na compra de tênis, roupas e brinquedos. Por outro lado, em São Paulo e Belo Horizonte – onde outros sete produtos foram pesquisados – houve crescimento de 9% e 46%, respectivamente.

A queda no consumo dos falsificados é maior ainda quando analisado o departamento de brinquedos. O número de pessoas que compram esse tipo de produto caiu de 199.107 para 88.017 (- 46%). Especialistas apontam que essa diminuição se deu, principalmente, devido ao trabalho de repressão da Receita Federal. *Com informações do Estado de S. Paulo.

Vestibular 2009 Centro Universitário Senac. Clique e inscreva-se.

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está a um clique daqui!

Sem mais artigos