(Da redação) A partir do dia 2 de janeiro, sexta-feira, a conta-salário passará a efetivamente valer para todos os trabalhadores da iniciativa privada. Na prática, o assalariado vai ter o direito de escolher em qual banco deseja receber seu pagamento, sem pagar a mais por isso ou ter que aguardar pela transferência.

Para pedir a conta-salário, o trabalhador deve ir ao banco em que recebe o salário e solicitar (por escrito) que deseja ter apenas uma conta-salário. Ele deve indicar para qual banco (com número da agência e conta) que o pagamento deverá ser transferido.

O dinheiro deverá cair na conta no mesmo dia em que a empresa efetuar o depósito no banco original. É importante ter em mãos um comprovante da instituição bancária que assegure que o procedimento será realizado a partir de uma determinada data.

Na prática, as empresas continuam se relacionando com os mesmos bancos, mas o trabalhador não necessitará abrir uma conta concorrente na instituição. Bastará que ele transforme a atual conta em conta-salário ou apenas crie uma conta-salário. Esta funcionará como correio. Ao receber o depósito, o dinheiro já é encaminhado para o banco preferencial do trabalhador.

Até 2012, o benefício deverá ser estendido aos servidores públicos.

A conta-salário existe desde 2006, mas devido aos entraves burocráticos e inúmeras "regras de transição" valia apenas para uma minoria.

(com informações da Folha)

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!

QUER BAIXAR A MÚSICA AMOR PRA COMEÇAR POR ZECA BALEIRO? CLIQUE AQUI!

Sem mais artigos