Chuva pode piorar a situação
Sabe aquela história de “Agora não pode ficar pior”? Pois saiba que pode sim. A previsão do tempo para este final de semana em São Paulo é de chuva, com possiblidade de tempestades, o que poderia causar mais deslizamentos, inclusive novas crateras.

Até agora, cerca de 400 viagens de caminhões foram feitas para enviar concreto ao local do acidente, para assim criar uma barreira em torno da cratera.

O acidente foi o maior da história do metrô paulistano.

Outros dois carros são localizados na cratera

Segundo o major Marco Aurélio, que coordena os trabalhos dos bombeiros no local do acidente ocorrido na obra da Linha 4 do Metrô, outros dois carros foram localizados na cratera, mas nenhuma vítima foi encontrada. O major afirmou que outros veículos devem estar soterrados, mas o trabalho de resgate será bastante lento, já que é delicado e os bombeiros correm o risco de ficarem soterrados. Marco Aurélio informou à Jovem Pan que o microônibus estaria próximo aos carros localizados, a cerca de 20 metros de profundidade.

Sem mais artigos