(Da redação) – Os Jogos Olímpicos da Antiguidade foram inaugurados oficialmente no solstício de verão de 776 antes da nossa era, mas já eram realizados há muitos anos. Segundo uma antiga lenda grega, os Jogos haviam sido criados por Hércules depois de limpar os estábulos do rei Augias, a quem matou logo porque este não havia ficado satisfeito com o trabalho.

No entanto, alguns indícios históricos sugerem que os Jogos podem ter começado em torno de quinze séculos antes de Cristo e que devem ter sido suspensos em várias oportunidades por diferentes motivos. Eram realizados a cada quatro anos em Olímpia, cidade onde se encontrava o principal santuário de Zeus, com a participação de atletas de toda a Grécia.

Inicialmente, tratava-se de uma competição de atletismo e luta que durava um só dia, mas a partir de 472 a. de C. e em 350 a. de C. foram criadas novas regras, que deram aos Jogos a forma atual.

Os Jogos Olímpicos alcançaram seu apogeu no século V antes de nossa era, chamado ‘o século de ouro’ de Atenas, mas seguiram desenvolvendo-se durante centenas de anos, até que em 394 da nossa era o imperador de Constantinopolis Teodósio o Grande os suspendeu por considerá-los uma celebração pagã.

Os Jogos Olímpicos da era moderna iniciaram-se em 1896, graças a uma iniciativa levada adiante pelo barão de Coubertin, sob cujo impulso havia sido criado dois anos antes o Comitê Olímpico Internacional.

Para os gregos, que a partir de 776 a. de C. haviam se acostumado a medir o tempo pelos Jogos Olímpicos, a palavra olimpíada (ou também olimpiada), que tomou seu nome do monte Olimpo, designava o período de quatro anos, transcorridos entre duas edições dos Jogos, porém atualmente olimpíada e Jogos Olímpicos são usados como sinônimos.

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!

Sem mais artigos