Pra quem achou muito, o pacote de exigências para entrar em território japonês pode aumentar. Em um pronunciamento na TV, nesta terça-feira, 15, o ministro das Relações Exteriores japonês, Masahiko Komura, levantou a hipótese de exigir o domínio da língua japonesa como um dos itens obrigatórios para obter e renovar o visto de longa permanência no Japão.

O grupo que estudará os prós e contras da proposta será formado por membros do Ministério das Relações Exteriores e da Justiça. A medida, se adotada, trará reflexos no mercado de trabalho e na contratação de mão-de-obra brasileira no país. O visto japonês custa 57 reais para os brasileiros – mesmo valor que os japoneses pagam para tirar o visto temporário no Brasil.

Já para quem é descendente de japoneses e quer obter a dupla nacionalidade, um aviso: ela só pode ser retirada se seus pais informarem seu nascimento em, no máximo, 60 dias após o parto. Caso contrário, é preciso abrir mão de uma das nacionalidades.

Sem mais artigos