(Da redação) O ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta, preso na operação Sariagraha, no último dia 8, mas beneficiado por um habeas corpus, disse que foi vítima de ação eleitoral.

De acordo com reportagem publicada pela Folha On Line, desta quarta-feira, 23, Pitta afirmou que seu nome, associado aos candidatos Kassab (DEM) e Maluf (PP), candidatos à prefeitura da capital nas próximas eleições, pode prejudicar a campanha dos mesmos.

Em entrevista ao jornal, Pitta negou qualquer envolvimento com a operação ilegal de venda dos precatórios da prefeitura. Além disso, prometeu recorrer a tribunais internacionais de direitos humanos, porque avalia que a operação da Polícia Federal foi abusiva ao invadir sua casa e prendê-lo de pijamas, assim submetendo-o à execração pública.

Kassab afirmou à Folha que a declaração de Pitta foi um absurdo. Já, Maluf, disse que não cumprimenta o ex-prefeito há dez anos.

Leia mais: STF concede liberdade a Pitta e Nahas

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!

Sem mais artigos