Não é de hoje que o Emicida tem margem para tocar em assuntos sensíveis na televisão. O rapper que se multiplica em funções, projetos e é um dos integrantes do Papo de Segunda, programa que ele divide com Fábio Porchat, Francisco Bosco e  João Vicente de Castro, na GNT, se articula de forma verbal com facilidade.

E foi com mais um destes diálogos que ele virou assunto ao criticar a fala do Luciano Huck, convidado da edição desta semana.

“Tenho minhas dúvidas quando escuto Luciano falar desse convite ao 1% e da predisposição desse 1% participar da redistribuição de riqueza porque não faltaram conjunturas melhores para que esse 1% participasse da discussão e tomasse as rédeas”

Entre farpas e correções, Emicida definiu termos e corrigiu algumas vezes a fala do apresentador da Globo como esclarecimentos sobre o significado e o uso de “burguesia” e “elite”. Além de pontuar com dados, estatísticas e criticar o sistema capitalista.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por GNT (@gnt)

Sem mais artigos