(Da redação) Não é de hoje que a imagem do corpo nu provoca polêmica. Como bem mostra uma exposição que acaba de inaugurar na cidade alemã de Dusseldorf, polêmicas envolvendo retratos de gente pelada já vêm de séculos.

A mostra contém 300 obras, da antiguidade até os dias de hoje, entre pinturas, fotos, desenhos e instalações em vídeo. Entre os itens expostos, estão obras de mestres como Picasso, Paul Cezanne, Brueghel, Rubens e Rembrandt.

Segundo o curador da mostra, Beat Wismer, a idéia é mostrar como o nu sempre foi controverso, mas também como os artistas sempre romperam tabus através de suas obras. A própria exposição foi alvo de polêmica: houve protestos e resmungos de alguns que consideraram muitas das obras da mostra não eróticas, mas pornográficas.

A exposição levou o nome de “Diana e Actéon”, em referência à lenda grega que conta a história de um jovem que viu a deusa Diana nua e foi castigado por ela. Várias obras da exposição tem como tema esta lenda.

A mostra fica em cartaz até 15 de fevereiro de 2009.

Sem mais artigos