Carpinejar

O escritor gaúcho Fabrício Carpinejar volta aos versos depois de oito anos distante. Em Todas as Mulheres, Carpinejar descreve em um único longo poema toda a vida amorosa de um homem já morto.

 

A narrativa é em primeira pessoa, numa referência clara à Memória Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis.

Carpinejar, 42 anos, é autor de Caixa de sapatos, Me ajude a chorar. É colunista do jornal Zero Hora e apresentador de A Máquina, na TV Gazeta.

Sem mais artigos