Susan, sobrinha de Sheila Brooks, morreu após estar em enterro da tia, que estava com a Covid-19

Uma família da Inglaterra teve 17 infectados pelo novo coronavírus após não respeitar as recomendações das autoridades de saúde mundiais para que evitassem participar de velórios e enterros de pessoas infectadas com a Covid-19.

Após não seguir os pedidos de distanciamento social, os integrantes que estiveram no enterro de Sheila Brooks, em fevereiro, também contraíram o novo coronavírus e adoeceram. Uma sobrinha de Sheila, Susan, morreu aos 65 anos.

Carl, um dos filhos de Sheila, resolveu falar sobre o assunto. Com 42 anos, ele disse, em entrevista ao site Yahoo! News, que não se deve brincar com o coronavírus e que todos têm de fazer os esforços necessários para não disseminar a doença.

“A velocidade como o vírus age é impressionante. Ele não pode ser subestimado. Não seja estúpido se colocando em risco. Sigam o conselho: fiquem em casa”.

Susan morreu no mesmo hospital em que Sheila esteve internada. Outros integrantes da família estão internados em estado grave. De acordo com Carl, ninguém foi ao velório de Susan.

Sem mais artigos