Fidel Castro divulgou nesta quarta um texto de suas “Reflexões” e retomou o artigo da semana anterior sobre a guerra na antiga Iugoslávia. Slobodan Milosevic e o ex-chefe do governo espanhol José María Aznar sofreram duras críticas.

O novo documento, intitulado “A resposta de Milosevic” relembra a carta que o ex-presidente iugoslavo agradecia a solidariedade de Cuba aos ataques da OTAN à antiga Iugoslávia em 1999.

O líder cubano atacou Aznar e o chamou de “coordenador bélico dos mutáveis presidentes dos Estados Unidos”. No último dia 30, Castro afirmou que Aznar foi quem aconselhou o então presidente norte-americano Bill Clinton a bombardear rádios e televisões iugoslavas.

Leia mais:

Saiba como funciona a secretaria de Mangabeira
América Latina tem 10 mil jovens desempregados

Sem mais artigos