paisss

Crédito: Reprodução

Aqui no Brasil a licença paternidade é rapidinha, apenas cinco dias. Mas na Suécia o negócio é diferente: são 480 dias de licença para o casal, sendo que cada um é obrigado a tirar pelo menos 60 dias, e o restante dividir como quiser.

Sabendo que essa fase é no mínima engraçada, o fotógrafo Johan Bävman registrou a rotina dos papais que resolveram ficar um ano inteiro com os filhos.

O objetivo da série, nomeada como “Swedish Dads”, é entender “a razão pela qual eles querem ficar em casa com as crianças e o que esperam aprender com isso”, afirma o fotógrafo.

Dá uma olhada nesse momento “se vira nos 30” dos papais. Eles suaram a camisa!

Sem mais artigos