Cães entendem quando seus donos dizem “eu te amo”, apontou uma nova pesquisa feita pela Canine Cottages, empresa de hospedagem especializada em casas pet-friendly, que aceitam animais. Segundo o estudo, a frequência cardíaca dos cachorros aumenta em 46% quando escutam essas palavras.

A organização acompanhou quatro cães ao longo de sete dias, segundo informações do canal britânico iTV. Foram utilizadas coleiras inteligentes para monitorar a frequência cardíaca dos animais e mostrar como o grupo reage a diferentes estímulos.

A frequência cardíaca média dos cães é de 67 bpm (batimentos por minuto). Mas a pesquisa mostrou que ao escutarem seus donos dizerem “eu te amo”, o número subia em 46,2%, atingindo 98 bpm e demonstrando o quanto eles ficavam animados com essas palavras.

Já ao serem abraçados pelos donos, a frequência cardíaca diminuía em 22,7%: de 67 bpm, ia para 52 bpm.

Os batimentos cardíacos dos humanos também foram testados. Ao reverem os pets após um longo período de tempo, a frequência aumentou em 10,4%.

Segundo a empresa, outras formas dos cães demonstrarem afeição são:

  • Deitar no colo ou perto do dono: a ação mostra que eles querem ficar próximos ao dono. Cães só deitam perto de pessoas que confiam;
  • Mostrar a barriga ou dormir com a barriga à mostra: esta é uma posição de vulnerabilidade para o cão porque ele fica completamente exposto. Deitar nesta posição demonstra sua confiança;
  • Ir até o dono quando sentem dor;
  • Quando levam seus brinquedos favoritos até o dono: é uma demonstração que querem brincar, mas sobretudo, que confiam o bastante na pessoa para tal atividade. Afinal, eles estão confiando um objeto “precioso” ao dono.
Sem mais artigos