(Da redação) O ministro Guido Mantega (Fazenda) anunciou um novo pacote econômico para atenuar os efeitos da crise financeira internacional. Entre as principais medidas anunciadas, o ministro prometeu disponibilizar cerca de R$ 100 bilhões ao BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) e garantiu mais agilidade na liberação de crédito dos bancos públicos.

No início do ano, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já tinha antecipado que estudava um pacote econômico, mas preferiu não anunciar as medidas.

Em 2008, as linhas de financiamento do BNDES somaram R$ 91 bilhões, número que pode chegar a até R$ 166 bilhões neste ano. Segundo Mantega, o crédito é suficiente para manutenção das principais atividades econômicas do país. O setor de energia, infra-estrutura e bens de capitais devem ser os maiores beneficiados.

Geração de empregos

O ministro enfatizou que a injeção de capitais com taxa de juros reduzida está condicionada à geração de empregos. "Não dá para fazer investimento sem contratações", explicou. Segundo ele, quem obter empréstimo do BNES terá que, obrigatoriamente, comprovar que criará postos de trabalho com o dinheiro – "Investimento é sinônimo de emprego".

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!
Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!
A enciclopédia do porquê. Aqui você começa com uma dúvida e termina com várias. Clique!

Sem mais artigos