O hacker, Christopher Chaney, que divulgou fotos íntimas de Scarlett Johansson, foi condenado e sentenciado a dez anos de prisão.

A audiência foi realizada nesta segunda-feira (17), nos Estados Unidos. As informações são do site “Gossip Cop”.

Na época, o hacker teria conseguido as imagens nuas de Scarlett em e-mails que ela enviou para seu então marido na época, o ator Ryan Reynolds.

Chaney se declarou culpado em março deste ano a nove acusações de acesso não autorizado a computadores e escutas telefônicas.

Hacker que divulgou fotos de Scarlett Johansson é condenado a dez anos de prisão

Sem mais artigos