(Da redação) – Hillary Clinton, senadora americana pelo estado de Nova York, encerrou sua campanha como pré-candidata democrata à presidência dos Estados Unidos neste sábado quando deve declarar seu apoio à candidatura do colega Barack Obama. A desistência ocorre após uma longa disputa, que iniciou ainda em 2007. Tendo a chance de se tornar o primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos, Obama não deixou de elogiar a adversária e disse que ela "fez história", em uma declaração que tenta afastar os rumores de divisão do Partido Democrata.

No seu site oficial de campanha, Hillary Clinton agradece os 18 milhões de votos que recebeu durante o período de primárias democratas para a presidência dos Estados Unidos. "Eu gostaria de agradecer vocês. Eu não conseguiria ter cumprido esta jornada sem vocês", diz a ex-primeira-dama, em um vídeo com a data de 3 de junho, dia em que praticamente foi definida escolha de Barack Obama como candidato do Partido Democrata para concorrer com o republicano John McCain nas eleições de novembro.

Sem mais artigos