Christina Malley estava morta em casa há 12 anos

Ao contrário de alguns países, a Escócia está levando a vacinação contra a Covid-19 bem a sério. Tanto que oficiais da saúde do país estão se dirigindo de casa em casa para saber os motivos de quem foi convocado a receber a dose não ter ido a um posto de vacinação.

Mas uma história chocou a cidade de Aberdeen nesta semana. Autoridades descobriram que uma idosa não havia comparecido a um local para tomar vacina simplesmente porque estava morta!

E pior, o corpo de Christina Malley, ou melhor, os restos mortais, foram mantidos em casa pelo marido, Daniel Malley, por 12 anos!

À polícia, Daniel contou que não queria que a esposa tivesse partido, e permanecer com o corpo dela na residência era uma espécie de conforto para ele.

Já os vizinhos afirmaram à investigação que Daniel vivia fora de casa, em pubs com amigos, e raramente era visto com a mulher. Os policiais e peritos ainda não concluiram a causa da morte de Christina.

Sem mais artigos