(EFE) – Um general do Exército assumirá pela primeira vez a chefia das forças estratégicas da Índia, encarregadas de controlar o arsenal atômico do país, e que até agora tinham sido comandadas apenas por oficiais da Marinha e das Forças Aéreas, informou hoje uma fonte governamental.

O general Singh Nagal, até então diretor-geral de Logística do Exército, assumirá o controle das forças estratégicas indianas em 30 de setembro, segundo a fonte. Nagal assumirá o posto do vice-almirante Vijay Shanker, que passará a ser chefe das Forças Armadas nas ilhas indianas de Andaman e Nicobar.

As Forças Aéreas e o Exército são os únicos corpos capacitados para lançar bombas nucleares e mísseis com carga atômica. O Exército realiza freqüentes testes com mísseis, como o de 7 de maio, no qual a Índia testou com sucesso seu mais poderoso míssil balístico terra-terra, com capacidade para levar ogivas nucleares e um raio de ação de 3 mil quilômetros, com o qual pode alcançar Pequim.

A Índia mantém uma corrida armamentista com o vizinho e rival Paquistão, permeada por constantes testes de mísseis nucleares por ambas as partes.

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!

Sem mais artigos