(Da redação) Cerca de 500 índios bloquearam uma estrada em Aquidauana, no Mato Grosso do Sul, e fizeram refém um funcinário da Funai. A mobilização dos índios teve início no começo da noite, em protesto para ampliar o território do distrito da Tunay.

Os índios fecharam a estrada que dá acesso as aldeias da região impedindo, assim,
o acesso de qualquer veículo. O chefe do patrimônio indígena da Funai, Antonio Ricardo Araújo, foi tentar negociar e foi apreendido. Além disso, nesta manhã os índios impediram a passagem de um ônibus e capturaram o motorista.

Segundo a Folha de S.Paulo, a assessoria de imprensa da Funai de Mato Grosso do Sul negou que o funcionário esteja mantido como refém. “Ele permance apenas como negociador.”

Qual é o seu ritmo? Seja qual for, venha curti-lo de uma forma diferente!

Sem mais artigos