O amor vai além da matéria? Para os artistas japoneses Ayako Kanda e Mayuka Hayashi talvez não. A dupla usou uma máquina de raio-x e tomografia computadorizada para “fotografarem” quatro casais. 

“Imagens de raios-X mostram a natureza finita dos nossos corpos, compostos apenas de matéria”, diz a dupla. “Mas os casais que retratamos revelam um pulso que normalmente não é visto.”

Kanda e Hayashi conceberam esse trabalho para a de tese de conclusão de curso na Musashino Art University. Eles ganharam um prêmio recentemente no Mitsubishi Chemical Junior Designer Award pelo projeto.

Sem mais artigos