(Da redação) – Mesmo com eventuais cortes no orçamento municipal, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, garantiu que as passagens de ônibus não sofrerão reajustes em 2009. A promessa foi feita durante o lançamento de uma campanha por mais segurança no trânsito, na última terça-feira (9).

Kassab diz que a tarifa pública e seu subsídio são um projeto social, e por isso não sofrerão conseqüências com a redução do orçamento. No entanto, em um relatório que a Câmara Municipal deve aprovar até 30 de dezembro, há previsão de que o subsídio seja reduzido dos R$ 600 milhões inicialmente solicitados para R$ 523 milhões. E, embora diga que não vai sacrificar projetos sociais, Kassab terá que se virar com R$ 320 milhões para a área de assistência social, ao invés de R$ 480 milhões, como foi este ano.

No total, a proposta apresentada pelo vereador Milton Leite (DEM) faz uma redução de 7,5% no orçamento da prefeitura, que poderá representar uma queda de R$ 29 bilhões para R$ 27 bilhões.

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!

Sem mais artigos