Kelly Osbourne apareceu toda sorridente na capa da edição de julho da revista “Cosmopolitan”. Em entrevista à publicação, a fashionista – que perdeu cerca de 30 kg – falou sobre a recente briga que teve com Lady Gaga que se iniciou quando Kelly comentou sobre o ganho de peso da Mother Monster e foi ameaçada pelos fãs da cantora pop.

“Eu adorava Lady Gaga. Eu acreditava totalmente em tudo o que ela representava, até que eu percebi que ela é uma hipócrita. Não diga que você vai impedir o bullying se você deixa seus fãs me enviarem ameaças de morte”, afirmou à publicação.

Kelly diz ainda que se fossem seus fãs, ela não deixaria que as coisas ficassem chegassem a tal ponto. “Se os meus fãs escrevessem tais coisas eu não iria deixar que prosseguissem com isso. Afinal, ela poderia dizer o que quisesse aos seus milhões de monstros. Ela está se alimentando de loucos e nerds para continuar a sua carreira?”, disse.

Kelly falou ainda sobre o vício em drogas do pai, o roqueiro Ozzy Osbourne. “Eu amo e respeito o quanto ele é honesto o suficiente para dizer: ‘Sim, eu fiz isso. A culpa foi minha.’ “Ele é um homem de verdade. A maioria das pessoas iria esconder e ele não faz isso. Ele não me faz amá-lo menos por causa dos seus vícios”, disse.

E sobre os seus próprios vícios, Kelly desabafa: “Ele é um viciado e eu também sou uma viciada. Vai ser uma daquelas coisas que nós teremos que lutar para o resto de nossas vidas e tomar as precauções necessárias. Todo mundo diz que sexo, drogas e rock and roll são divertidos. Não é divertido. Não é algo para glorificar”, completa. 

Confira na galeria acima as fotos do ensaio e dos bastidores da revista Cosmopolitan! 

Sem mais artigos