Em entrevista à agência Estado na tarde de ontém, o ministro do meio ambiente, Carlos Minc, disse que a licença para a instalação da usina núclear Angra 3 pode sair ainda este mês.

"A licença está avançadíssima. A única novidade não é a licença, que quando eu cheguei aqui (no ministério, há um mês e meio) já estava praticamente pronta, mas sim as exigências" disse o ministro.

Durante a semana o ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, já havia adiantado a imprensa que acreditava que as obras estariam iniciadas em setembro.

Minc ainda quer "aparar algumas arestas" do contrato com a administradora da usina, a Eletronuclear. O saneamento de Angra dos Reis e a adoção do Parque Nacional da Bocaina estão entre as pendências a serem administradas.

Outro ponto preocupante é o controle e medição dos níveis de radiação nas imediações da usina de Angra 3. O ministro acredita que "…o ideal é que essa radiação não seja medida pelo próprio administrador da usina. Poderíamos utilizar instituições acadêmicas ou mesmo grupos privados para fazer esse controle"

Sem mais artigos