Foto por Jef Delgado

Nesta quinta-feira (14), o podcast “Mano a Mano”, apresentado por Mano Brown, ganha mais um episódio. Desta vez, o artista recebe os humoristas Yuri Marçal e Felipe Kot para um papo sobre como o humor e a comédia foram importante em suas vidas.

Os desafios da profissão de humorista é um dos temas da conversa e Yuri Marçal logo se recorda do início de sua carreira. “Os meus primeiros virais foram sobre macumba. Tinha um personagem, Michelzinho de Oxóssi, que eu fazia em 2013. Era um cara gay que era cristão e queria ir na igreja para virar hétero. Viralizou muito”, conta o humorista. “Sempre levo para os shows como é ser criado por uma mãe de santo, os medos que ela me colocava, levo isso pro palco e vira e mexe ela me dá material novo“, completa.

Já Felipe Kot conta como a profissão na comédia é parte importante da sua vida. “O humor foi uma arma muito grande pra mim! Na escola o cara te zoa e você tem que dar uma maior que a dele. Eu sabia que tinha que ser muito mais engraçado que eles! Eu era muito raquítico, 11cm abaixo da média do que eu deveria ser, era muito pequeno, magro, negro da periferia, era um balde cheio para gracinha e piada!”, revela o artista.

Esta é a segunda temporada do podcast “Mano a Mano”, que teve sua estria em 2021. Nos novos episódios, Brwon já conversou com Emicida, Jojo Todynho, Seu Jorge e Jeferson De. O programa é um original Spotify e tem acesso gratuito mesmo para não assinantes.

Mano Brown recebe Yuri Marçal e Felipe Kot para falar sobre os desafios de fazer humor

Sem mais artigos