Kandice Barber e o marido Daniel, em um passeio em Wendover

O caso que chocou a pequena cidade de Wendover na Inglaterra, sobre uma professora condenada a prisão por fazer sexo com aluno de 15 anos, ganhou mais um capítulo nesta semana.

O marido da docente, Daniel, disse que vai esperá-la mesmo que por seis anos e dois meses, tempo ao qual ela foi condenada pela Justiça britânica a cumprir na cadeia.

Amigos próximos a Daniel disseram a uma reportagem local que ele está “sob feitiço” de Kandice Barber, a professora de 35 anos, com a qual tem três filhos.

Segundo investigação do caso, Kandice ameaçou o aluno se ele revelasse o que tinha acontecido e chegou a o acusar de estupro.

Sem mais artigos