Marketing: 70% dos consumidores querem uma interação mais humanizada

Um tema que é muito falado e exaltado nos dias de hoje, é a cultura pop, não sendo mais somente para o público jovem, mas que vem dominando todos os públicos, inclusive dentro das empresas. Mas o que é a cultura pop?

> Siga o novo Instagram do Virgula! Clique e fique por dentro do melhor do Entretê!

Nada mais é do que elementos do entretenimento que tem grande espaço na vida das pessoas, como: séries, filmes, músicas, memes e etc, o que vem destacando o trabalho de colaboradores da área de marketing e publicidade por serem mais criativos. Com uma equipe antenada nesse meio cultural, apostar nesse mundo pode ser uma das melhores estratégias para alcançar o sucesso.

Toda empresa busca estar mais visível e alcançar novos leads, e com o um time produtivo e motivado, é capaz de criar campanhas cada vez mais eficientes e humanizadas, seguindo a expectativa do cliente. Segundo a pesquisa da Retail Dive (fornecedora de análises para executivos de varejo), cerca de 70% dos consumidores querem uma interação mais humanizada.

As vantagens de criar campanhas mais humanizadas vai ao encontro do desejo da marca em querer criar um vínculo maior com o público alvo. Isso porque, uma marca não necessariamente precisa seguir uma linha padrão de estratégias, mas sim entender o comportamento do seu público-alvo e buscar medidas que vão atraí-los de maneiras diferentes e de acordo com os assuntos do momento. Na agência de Marketing Digital, Taruman, os CEOs e integrantes do time são especialistas em criar conteúdos para as redes sociais que chegam nos consumidores de uma forma personalizada, a partir dos estudos e análises sobre as frentes que a marca mais se encaixa, levando em consideração a cultura pop que ela se adequa, como por exemplo, ligar uma campanha à uma música ou filme do momento.

De acordo com uma pesquisa da Salesforce, empresa de software, 73% dos consumidores esperam que as marcas entendam suas necessidades e expectativas. Porém, apenas 51% acham que as marcas realmente conseguem fazer isso.

Com base na estatística, profissionais da área de marketing não medem esforços para elaborar ações e campanhas de acordo com os gostos da cultura pop, que colaboram para a geração de novos insights. Independente da cultura pop, o importante é usar a criatividade e fazer com que esse conteúdo encaixe dentro do universo da marca. “Se você tem um restaurante, por exemplo, vale dar uma olhada no que está em trend no momento, para aproveitar o conteúdo nas suas redes sociais, e utilizar no cardápio alguma série ou filme e adaptá-lo ao seu negócio, a fim de chamar a atenção dos seus clientes”, comenta Caio Damasceno, COO da Taruman.

Os principais nichos da cultura pop que os colaboradores estão envolvidos, são: músicas, filmes, séries, memes, celebridades e outros.. Normalmente, quem não está por dentro desses assuntos acaba ficando de fora de muita coisa na sociedade atual, perdendo chances de inovar na empresa. “Não existe coisa mais satisfatória do que um cliente gostar de uma marca e a mesma apresentar conteúdos que agradam seu público, fugindo do padrão que elas apresentam habitualmente. Por isso, apostamos no nosso time de colaboradores que ousam em criatividade, inovação e assuntos do momento para entregar as melhores ideias de marketing à empresa”, ressalta Paulo Leocadio, CEO da Taruman.

O assunto sobre cultura pop é viral! Recentemente, o cantor Harry Styles, virou tema de comentários nas redes sociais, pois na universidade do Texas/EUA, a disciplina “Harry Styles e a Cultura da Celebridade: Identidade, a internet e a cultura pop europeia” leva a discussão na sala de aula sobre o desenvolvimento cultural e político da celebração moderna em relação a questões de gênero, raça, classe, nação, globalismo, mídia, moda, cultura da internet e consumismo.
Pensando nisso, Paulo Leocadio, especialista em Marketing Digital e criação de conteúdo para redes sociais, dá 4 dicas para o profissional de marketing criar um conteúdo de qualidade com base na cultura pop:
1 – Conhecer a identidade da marca: Crie campanhas que tenham conexão com a empresa atendida, analise os temas atuais e veja se faz sentido atrelar a uma mensagem específica com a cultura pop;
2- Conheça os interesses do público: Conheça o público alvo da empresa, entenda qual o tipo de campanha com base na cultura pop pode vender. Realizar enquetes e pesquisas nas redes sociais, ajudam a entender o perfil cultural do público;
3- Escolha uma fonte de cultura pop: São variedades de temas quando se trata de cultura pop, por isso, ao criar uma campanha, estipule um nicho que se adeque aos valores da empresa;

4 – Avalie: Veja se essa estratégia está dando resultado, o que trouxe de retorno, tanto positivo quanto negativo.

Marketing: 70% dos consumidores querem uma interação mais humanizada

Sem mais artigos