Se você ainda não mandou aquele recado meloso e cheio de amor para o seu melhor amigo, hoje, pode correr para o Facebook e abrir a janelinha do cidadão, sem medo de ser feliz. Eles suportam crises de mau-humor, passam vergonha ao nosso lado, dão os melhores-piores conselhos que nós gostaríamos de ignorar, sabem quando precisamos de ajuda e, como se não bastasse, melhoram a nossa saúde.

Sim, melhor amigo faz bem para o peito, para a alma e para a saúde, de acordo com a ciência. Quer saber como eles afetam o seu organismo e te ajudam, cientificamente, a ser uma pessoa melhor? Se liga nesses motivos que o HuffPost separou:

1 – Zero estresse: se você sente que está prestes a surtar, dê um toque no seu melhor amigo e saia por aí sem lenço nem documento, só para desabafar. Um estudo de 2011 comprovou que passar um tempo com esses parceiros alivia o estresse e faz com que a gente se sinta mil vezes melhor. Não dá para duvidar!

2 – Pertencimento: melhor amigo é aquela pessoa que dá um sentido a mais à vida, fazendo com que você se sinta importante de alguma maneira, pertencendo a uma relação especial, além da familiar. Essa conexão estimula o bem-estar, te deixa mais motivado e feliz, tudo o que resulta em boa saúde, naturalmente.

3 – Xô, doença: sim, é para o seu melhor amigo que você pede colo e chá quente quando bate aquela gripe forte. O que ninguém imaginava é que, além de passar na farmácia para comprar o antigripal, melhores amigos dão uma força especial ao organismo que está lutando contra alguma enfermidade. Sem gripe e sem depressão, graças aos bffs!

4 – Vida longa: melhores amigos são aquela Fonte da Juventude que nós tanto procuramos. Um estudo de 2009 mostrou que laços sociais e afetivos fortes como estes estimulam a longevidade do organismo. Melhor ainda se o seu bff for aquela pessoa fitness que não castiga no carboidrato à noite!

5 – Autoestima lá em cima: ninguém te conhece tão bem como o seu melhor amigo. Sim, ele sabe de tudo, até dos seus piores defeitos. Em vez de julgar e piorar a situação, esses amigos nos ajudam a praticar a chamada “autoaceitação”, nos colocando para cima toda vez que a bad ameaça bater na porta do coração. Amigo de verdade, mesmo, é aquele que te coloca para cima. Tem coisa melhor?

6 – Conversas sinceras: se abrir e falar com honestidade sobre temas delicados não é fácil, a gente sabe. Por isso mesmo, o ombro ideal para esse tipo de papo está nos melhores amigos. Essa apoio mútuo e bonito também impacta positivamente o nosso bem-estar, mesmo que seja necessário mostrar um pouquinho de vulnerabilidade para o seu fiel escudeiro, nessas situações.

7 – O impossível não existe: melhor amigo é aquela pessoa que te faz acreditar que super-heróis existem – e você certamente é um deles. Um estudo publicado em 2008 mostrou que melhores amigos conseguem transformar qualquer desafio pavoroso em fichinha, coisa pouca, bobagem. Você ainda sente aquele frio na barriga, é claro, mas o bff está lá para te lembrar que tudo vai dar certo.

8 – Sem vacilo: eles são os anjinhos que repousam em nossos nossos ombros, mostrando aquelas decisões erradas que tomamos e explicando por que deveríamos mudar de caminho e postura. Melhores amigos são o lembrete constante do caminho do bem! Quando você faz a coisa certa, porém, eles também são capazes de reconhecer e celebrar.

9 – Produtividade: o trabalho tá um saco? Você não aguenta mais ouvir reclamação do chefe? O bandejão é um horror? Melhores amigos no trabalho conseguem aliviar essa tensão e te tornam um funcionário mais produtivo e motivado. Mais um motivo para você quebrar o gelo na firma e tentar fazer umas novas amizades!

10 – Bem pro resto da vida: são eles que conseguem colocar um sorriso no nosso rosto quando o mundo parece estar desabando, sem muito esforço. Isso porque umas boas gargalhadas com os melhores amigos liberam ocitocina, o hormônio do amor. Tom Jobim acertou quando disse que fundamental é mesmo esse sentimento, vindo dos amigos ;)

Sem mais artigos